You are here
Home > Tendências > Como a ocupação de Wall Street resiste

Como a ocupação de Wall Street resiste

Depois dos movimentos dos desalinhados, da Primavera Árabe e dos Descontentes o protesto chegou às ruas de Nova Iorque através do movimento “Occupy Wall Steet”, que pretende reivindicar a mudança de políticas governamentais e económicas promovidas pela Casa Branca e pelas empresas que gerem um dos maiores mercados bolsistas do mundo.

Já a entrar na terceira semana de protesto, à data de publicação deste post, o movimento tem cada vez mais ganho uma capacidade inesperada de se organizar e gerir as necessidades de todos os que ali se encontram ao longo destes dias todos. Como? Simplesmente com recurso à internet e ao poder das novas plataformas de comunicação globais como é o caso do Twitter e do Facebook.

A Al Jazeera, através da sua repórter Cat Turner, produziu uma reportagem bastante interessante de como é feita toda a gestão das necessidades dos manifestantes e como conseguem obter apoios anónimos e voluntários para que nada falta no acampamento nova-iorquino. Uma coisa é certa desde uma fatia de Pizza, passando pela Coca-Cola, cobertores e indo até aos cuidados médicos, nada falta neste acampamento e tudo através do apoio das comunidades online. Será que as revoluções do séc. XXI serão todas assim?

 

Leave a Reply

Top